Siga o Boia

Receba atualizações do nosso blog.

Junte-se a 7 outros assinantes
Seguir
Categorias
Podcast

Boia 205

Boia 239 Boia

Ladeira abaixo ? Nem terminou ainda a etapa de Sunset e o Boia desce ziguezagueando com a gunzeira, desviando dos clichês e evitando os quebra-molas. Bruno Bocayuva, João Valente e Júlio Adler trazem nesse episodio, o Almanaque com a nova obra do inquieto e genial Loïc Wirth, Imagem falada com Gary do Kong e papo reto de Paumalu, JJF na quilha, Robbo na borda, KS no fundo e Italo na brutalidade. A sonzeira fica com Andy Bey e Celestial Blues, Comin' Thru e Chali 2na, terminando com Durand Jones & The Indications e Love Will Work It Out. Última paradinha, meu camarada, usa o código, boiapodcast30 e ganhe 30% de desconto na South To South no https://www.southtosouth.com.br/ — Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/boia/message
  1. Boia 239
  2. Boia 238
  3. Boia 237
  4. Boia 236
  5. Boia 235

É junto dos bão que a gente fica mió, escreveu João Guimarães Rosa, o Boia acredita nisso e chamou Gerson Filho para prosear nesse episodio.
Júlio Adler, João Valente e Bruno Bocayuva, três surfistas sem alma, reuniram-se virtualmente para invocar Netuno e outros Orixás, oferecendo música da melhor qualidade, de Nação Zumbi, Dois Animais Na Selva Suja Da Rua (gravado por Erasmo em 71!), até Peter Brötzmann com Black Bombaim, passando pelos ingleses do Pulp com This is Hardcore, Patience do NAS e Damian Marley, culminando no Russo Passapusso acompanhado da dupla Antonio Carlos e Jocafi no Alto da Maravilha.
Na encruzilhada da WSL, tratamos de Saquarema, inauguração do Boa Vista, indelicadezas do KS, túnel de lixo e o verdadeiro subúrbio carioca.
Entra no buzum conosco e manda brasa, mora ?

Gerson Filho e o 2 º Congresso Carioca de Surf

Saquarema

Almanaque

https://revistacontinente.com.br/secoes/resenha/-alto-da-maravilha—samba-e-afrofunk-na-atualizacao-da-tradicao

Imagem Falada

Trilhas

3 respostas em “Boia 205”

Muito legal esse episódio, lembrei de algumas situações por também ter nascido em um bairro com menos infraestrutura, dos tempos de passar 2 horas no buzão pra passar o domingo em Maracaipe, Itapuama ou Gaibu, a grana contada, a prancha de segunda mão, correr campeonatos do surf clube local que até rendeu dois bons atletas, um foi campeão latino americano e o outro foi algumas vezes campeão Pernambucano. Também curti a trilha sonora, esse álbum da Nação é muito massa, não sei se o entrevistado já ouviu o som do Mestre Ambrósio ou o novo trabalho solo do Jorge du Peixe, Baião Granfino, com versões de músicas de Luiz Gonzaga. Vida longa ao Boia!

Que bacana bro! Acompanho o trabalho do Jorge e Mestre Ambrósio tá sempre na caixa de som. Esse último que você citou “Baião Granfino” é imperdível!! Abs, GF.

Eita!
Peguei muita onda em Itapuama e Paiva, atravessando na remada o canal, vindo de Piedade.
Medo da porra dos tubarões que ainda nem eram tão populares na capital…
Pense como era atravessar no final de tarde, quase noite, aquilo lá!
Abrazzo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *